Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 1, 2020

Um concerto

< /> A dor que se esfarela nas contas do rosário que rezo. Uma ave-maria, duas ave-marias, três, não sei. Aos poucos observo o céu encrespado sob um manto de Villa- Lobos. Bachianas Brasileiras , número 5. As pessoas quietas, ouvidos atentos, olhos vendo pensamentos enquanto os sons entoam, ora mais enérgicos, ora mais suaves, contemplando a natureza que se expande ante meus olhos, ouvidos, coração. Algumas lágrimas titubeiam em cair, sigo o ritmo compassado. Rezo outras ave-marias, talvez. A música me atinge, me envolve, me absorve e o ar da rua, das planícies, do céu enovelado de brancos e azuis me inspiram. Não quero sair daqui. Quero ficar na arquibancada ao ar livre para sempre. A dor da realidade, a vida doída e fugaz se esfarela, se desmancha nas ave- marias. As contas me seduzem. Meu olhar se perde no brilho das contas e das notas. A música me transforma e serve de oração. Oração pura e plena que sensibiliza, conforta e cura. Um concerto é um rosário bem rezado.