Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 30, 2018

A hóstia na boca e a arma na mão

Hoje, vinha pela ladeira e sentia que meus pés afundavam nas estruturas tortas dos paralelepípedos da Riachuelo, a rua protegida pelo rei. Na verdade, a ladeira se alicerçava em meus pensamentos que sucumbiam em tortuosas elucubrações. Afinal, tudo é plano em nossa cidade. Mas o que ouvira, talvez não me permitisse caminhar com tranquilidade e plenitude pelas ruas.
Numa esquina, entre a conversa de um amigo, observei um grupo de homens próximos que apontavam para dois rapazes que atravessavam a Marechal na esquina com a Benjamim em direção, provavelmente ao calçadão. Ouvi que segundo eles, estávamos numa nova era, em que todos os gays que se mostrassem afeminados seriam gravados e distribuídos pelo youtube, depois de levarem uma boa surra (usaram um termo pior). Afinal era permitido, havia um líder que os afiançava.
Quando voltei a andar, de pernas quase trôpegas, voltei-me para o acinzentado da laguna. Nem sei se o sol estava azul, mas as águas pairavam revoltas no cais. Olhei-as en…