Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 19, 2018

Faz tempo

Faz tempo que não se vai à janela, nem se observa a rua, nem se reflete na vida.
Faz tempo que não se pula amarelinha, nem se ensaia passos de dança, nem se sorri.
Faz tempo que o mundo anda cinza, que o medo acolhe as portas, que o riso encolheu.
Faz tempo que o ódio é mais inspirador que o amor.
Faz tempo que a divisão é o elemento maior.
Faz tempo que se rompeu o elo.
Faz tempo que se anda em atropelo, sem olhar para o mar ou rever amigos.
Faz tempo que se anda sozinho, que se olha uma tela e não se absorve nada.
Faz tempo que o mundo anda para trás.
Faz tempo que a vanguarda deixou de ser protagonista dando lugar ao retrocesso.
Faz tempo.
Fonte: Bess Hamiti in: https://pixabay.com/pt/users/Bess-Hamiti-909086/