Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 19, 2015

PENSO NO NATAL

Talvez falasse em consumo, em presentes, em comilança, em festa.
Talvez falasse no Aniversariante, engendrando questões que explicassem, sob um viés capitalista, porque não se preocupam com Ele, ou só o consideram de passagem.
Talvez falasse do Natal, como um feriado para compartilhar com parentes e amigos, a celebração da vida, a tentativa de ser feliz, pelo menos por um dia.
Talvez comentasse tudo isso, mas prefiro pensar no silêncio.
No silêncio daqueles que sofrem em hospitais, dos marginalizados nos depósitos psiquiátricos, dos alienados da vida real, dos que perambulam pelas ruas, dos que bebem da água que sobra nas garrafas sujas, jogadas após uma noite de festa.
Dos amargurados, impedidos de falar, silenciados pelo peso da dor ou do jugo do parceiro.
Das mulheres que descreem da vida, apartadas do seus, nos desvios produzidos por regimes.
Nos pais que não enterraram os filhos, ocultados sob a dor de períodos de trevas, onde a liberdade era apenas um discurso político, e apes…